segunda-feira, 25 de junho de 2012

Dicas e Truques: International Superstar Soccer

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/InternationalSuperstarSoccerU0000.jpg 

Jogue com os Superstars:
Na tela de apresentação, faça a seguinte seqüência no controle 2: B, B, X, X, A, Y, A, Y, Direita, Esquerda, X. Depois quando você for jogar no Open Game poderá escolher o Super Stars. Mas a dica não vale para o International Cup.

Briga em campo:
Quando seu jogador for buscar a bola na rede, aperte rapidamente todos os botões (menos Start e Select). Se tiver algum jogador adversário pelo caminho, os 2 vão brigar.

domingo, 24 de junho de 2012

Dicas e Truques: Aladdin

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/Aladdin0001.jpg 

Passwords:
Fase-2 - GÊNIO - ABU - ALADDIN - SULTÃO
Fase-3 -
JAFAR - ABU - JASMINE - GÊNIO
Fase-4 -
GÊNIO - JAFAR - ALADDIN - ABU
Fase-5 -
ABU - ALADDIN - GÊNIO - JASMINE
Fase-6 -
JAFAR - JASMINE - ALADDIN - JAFAR
Fase-7 -
ALADDIN - JASMINE - ABU - SULTÃO
Bônus -
JASMINE - JAFAR - SULTÃO - JASMINE

Seleção de fases:
Na tela do menu principal, escolha o menu Options, coloque o cursor sobre a opção Exit e então faça a seqüência L, R, Start, Select, X, Y, A, B no controle 2. Se der certo você ouvirá um som. Agora no controle 1 volte para o menu principal e você verá um número sobre a opção Game Start indicando a fase em que você vai começar, use o L ou R para escolher o mundo e a fase.

Destravar Final bônus:
Complete com sucesso o jogo com mais de 70 Jóias Vermelhas para ver um final especial.

Animaniacs

Gênero: Aventura
Ano: 1994
Fabricante: Konami

Infelizmente hoje em dia temos desenhos tão idiotas que praticamente me obriga a sentir pena da molecada. É sério, alguns parecem misturar histórias tão sem nexo com personagens tão genéricos que não dá a mínima vontade sequer de saber do que se trata a coisa. Fora o lance de que, visualmente, todos parecem ser feitos no mesmo computador, pelo menos artista que usou o mesmo programa pra fazer tudo no mesmo... dia. Mas não vou ficar vomitando sobre o lixo animado atual, vou falar de um dos jogos baseados em um dos desenhos mais bacanas que já pintaram na TV.

Eu sempre gostei de Animaniacs. É um desenho completamente retardado, mas é daqueles retardados engraçados, pois o carisma dos irmãos Warner é enorme. Baseado no desenho, essa versão do SNES se difere bastante do Mega Drive, tanto em termos gráficos quanto jogabilísticos. Wow! Inventei uma nova palavra!

Aqui controlamos os 3 irmãos Warner, passando por fases baseadas em estúdios de um set de filmagens. Portanto, temos fases em florestas, em oceanos, num local futurístico, entre tantos outros. As similaridades com a versão do console da Sega acabam por aí. Se no Mega procuraram algo mais adventure com foco nos poderes exclusivos de cada personagem, aqui o lance é sair vivo de cada etapa custe o que custar!

Podemos controlar os 3 personagens à qualquer momento, trocando-os com s botões L e R. Eles são iguais entre si, o que me leva a crer que, na prática, servem como vidas pra se atravessar a fase. Ah sim, podemos empilhar os 3 pra alcançar alguns lugares mais altos, mas nada tão necessário assim. É possível passar pelo jogo todo com um deles apenas, caso seja habilidoso o suficiente para tal proeza.

O jogo lembra um beat'n up na movimentação, pois podemos andar por um plano subindo e descendo na tela, diferente de jogos puros em 2D, como Mario por exemplo. Esse lance faz a versão do SNES ser bem mais abrangente, com muito mais exploração que o normal. No game encontramos moedas, juntando uma certa quantia, abrimos um bônus na parte debaixo da tela do tipo caça-níquel que concede pontos, vidas e outras coisinhas. Tá certo que não é la grande coisa, mas serve pra dar uma temperada na jogabilidade e forçar o jogador a coletar muitas moedas no cenário.

Os gráficos do jogo estão ótimos. Bastante coloridos, as fases são bem variadas, com momentos bem diferentes entre si. No mar, por exemplo, podemos andar sobre balsas e barris, enquanto desviamos de tubarões famintos. Na floresta, uma gorila enorme tenta agarrar os pobres irmãos à todo custo, enquanto nas ruas o já famoso guarda tenta recapturar os 3 e mandá-los de volta à caixa d'água da Warner. O som tem as músicas clássicas do desenho com algumas novidades bem vindas, sempre mantendo a qualidade desde o início. Ouso dizer que a versão do SNES tem músicas bem melhores que a versão do Mega.

Animaniacs não é um jogo fácil, apesar de parecer. Cada encostada no inimigo leva um irmão Warner de volta à caixa d'água, o que nos obriga a ir até ela pelo mapa para salvar o coitado se quiser ter mais chances de passar as fases. Isso pode cansar após um tempo, pois perder um deles é bem fácil graças à jogabilidade e à quantidade de inimigos na tela. Praticamente TUDO te mata, mas não chega à um nível tão ridículo quanto.... quanto... quanto ao The Immortal, por exemplo.

Pra finalizar, eu diria que é um jogo feito pra se divertir sem compromisso algum. É engraçado, cheio de cenas baseadas no desenho e não é muito longo, o que ajuda o jogo a não se tornar enjoativo.




Créditos Review: Cosmão

Download: Clique Aqui! 

sábado, 23 de junho de 2012

Lista de Dicas e Truques

Com o intuito de facilitar a busca dos visitantes, este post foi criado para centralizar todas as Dicas e Truques postadas, conforme novas dicas forem adicionadas, irei atualizando-a.

A.S.P. Air Strike Patrol
AAAHH!!! Real Monsters
ActRaiser 2 
Addams Family, The
Addams Family Values
Aero Fighters
Aero The Acro-bat
Aero the Acro-Bat 2 
Aladdin
Alien 3 
Alien Vs Predator  
Animaniacs 
Another World
Ardy Lightfoot 
Area 88
Arkanoid - Doh It Again 
Asterix & Obelix  
B.O.B.
Batman Forever 
Battletoads in Battlemaniacs
Beavis and Butthead
BlackThorne 
Bobby's World
Congo's Caper 
Cool Spot
Daffy Duck - The Marvin Missions
Daze Before Christmas
Demon's Crest
Donkey Kong Country 1
Donkey Kong Country 2
Donkey Kong Country 3 
Dragon: The Bruce Lee Story
Earthworm Jim 
Earthworm Jim 2
F-Zero
Final Fight 2
First Samurai
Go Go Ackman 2
Hagane
Home Alone 
Home Alone 2: Lost in New York
Hook 
Indiana Jones' Greatest Adventures
Inspector Gadget

International Superstar Soccer 
Judge Dredd
Jungle Book
Jurassic Park Part 2: The Chaos Continues 
Lion King 'The 

Marvel Super Heroes In War Of The Gems 
Mega Man 7
Mega Man X
Mega Man X2
Mega Man X3
Michael Jordan: Chaos In The Windy City 
Mickey & Minnie - The Great Circus Mystery 
Mickey Donald Magical Adventure 3
Mickey Mania 
Ninja Warriors 
Nosferatu
Pinocchio 
Pocky & Rocky 
Prehistorik Man 
Rock 'N Roll Racing
Sunset Riders
Super Adventure Island 
Super Back to the Future 2
Super Bomberman

Super Bomberman 2
Super Bomberman 3
Super Bomberman 4
Super Bomberman 5
Super Castlevânia 4
Super Mario Kart
Super Turrican 
Teenage Mutant Ninja Turtles IV: Turtles in Time
The Adventures of Batman & Robin 
The Mask
Tom & Jerry 
True Lies
Top Gear 
Top Gear 2
Top Gear 3000 
Wild Guns
Yogi Bear 
Zero the Kamikaze Squirrel 
Zombies Ate My Neighbors 

Dicas e Truques: Inspector Gadget

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/InspectorGadget_00000_256x224.jpg 
Debug mode:
Na tela em que aparece "Press Start", segure B + L + R e aperte: Baixo, Baixo, Cima, Esquerda, Direita, Baixo, Direita, Esquerda. A tela mudará de cor, se fizer o código corretamente. Aperte Start e você será levado a um novo menu.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Dicas e Truques: Super Bomberman

 http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SuperBomberman10001.jpg

Mini-Bomberman
Entre com o password 5656 e inicie o jogo,o personagem ficará minúsculo.

Passwords das fases:  
Fase 1:
1-1: 5555 1-2: 7503
1-3: 5543 1-4: 0513 1-5: 5522 1-6: 7564 1-7: 3535   Fase 2:
2-1: 0055
2-2: 4005 2-3: 0043 2-4: 5012 2-5: 7024 2-6: 5064 2-7: 0034 Fase 3
3-1: 5453
3-2: 7402 3-3: 3444 3-4: 0412 3-5: 2423 3-6: 0464 3-7: 4434 Fase 4
4-1: 6154
4-2: 4103 4-3: 7144 4-4: 5114 4-5: 1122 4-6: 4164 4-7: 0135 Fase 5
5-1: 5252
5-2: 7204 5-3: 5244 5-4: 6213 5-5: 4224 5-6: 1264 5-7: 3232 Fase 6
6-1: 0652
6-2: 3605 6-3: 7645 6-4: 5615 6-5: 7623 6-6: 4665 6-7: 1635 

Addams Family Values

 
Gênero: Rpg/Ação
Ano: 1994
Fabricante: Ocean

Confesso que nunca vi muita graça na Família Addams, seja em desenho animado, filme ou seriado. Assisti alguns episódios do desenho quando era criança, vi algumas cenas de filme, cheguei a rir das trapalhadas da mãozinha, mas nunca passou disso. Sempre foi algo meio sem sal, forçado e sem graça. Nem o Raul Julia no papel do Gomez mudou minha cabeça....

Mas confesso que a série tem lá seu charme, os personagens são bacanas e a música tema se tornou um clássico inquestionável. Mas, e os games baseados nela?

É sobre um deles que vamos falar hoje...

Values tem seu foco em um adventure/rpg, mais voltado pra exploração de cenários. De cara, ele lembra muito Zelda, Alundra e outros similares, por sua visão ser de cima e os cenários serem cheios de passagens secretas e até alguns puzzles. Mas o jogo entrega mais que isso.

Algumas vezes é preciso procurar por chaves ou itens e entregá-los aos personagens corretos, para que esses abram passagens ou liberem algum caminho no qual devemos seguir. Esqueci de mencionar que aqui, ao contrário dos outros jogos da família, jogamos com tio Chico (Fester), ao invés de Gomez.

Tio Chico tem apenas um tipo de ataque, um raio azul que perde a força quando ele é atingido por inimigos. Com um humor ácido e sarcástico, tio Chico dá um bom tempero à história com alguns diálogos hilariantes.


Falando em história, o jogo segue quase à risca a história do segundo filme...........bom, se alguém não assistiu ou não se lembra, segundo a Wikipédia (sempre ela), o enredo gira em torno do novo filho de Gomez e Mortiça, o tal Pubert.

No game, o moleque some e cabe a tio Chico ir atrás dele, desvendando os mistérios de locais sombrios.

Não assisti ao filme e tão pouco joguei até o fim o game, mas em inúmeras partes tio Chico parece bastante preocupado com seu sobrinho, portanto, é tudo em nome do resgate de Pubert.......o que daria um sobrenome mais interessante ao game do que simplesmente VALUES.....

Enfim, histórias confusas de lado, o game tem bons gráficos e controles firmes. Em alguns momentos é perfeitamente normal ficar perdido pelo cenário, visto que algumas passagens não dão o menor indício de existir, cabendo ao jogador explorar ao máximo todos os cantinhos de florestas e dungeons.

Os cenários são bastante vivos, com vegetação se movendo, tumbas cheias de detalhes, pântanos etc. Os gráficos do jogo são bem interessantes mesmo. O que não se pode dizer o mesmo do som e das músicas, bem precários. Na verdade, eles mal aparecem no game, pelo menos...

Values tem realmente seu valor (dã), é um bom game de exploração, tem vários segredos e muitos itens pra se colecionar, só não espere muito acabamento nos combates e puzzles. É um jogo pra se jogar num fim de domingo, apenas pra relaxar, sem nada tão complicado pra resolver ou destruir...




Créditos Review: Cosmão
 
Download: Clique Aqui!

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Dicas e Truques: Super Castlevânia 4

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SuperCastlevaniaIVT-Port0000.jpg 

Arsenal completo

No último estágio, antes de subir as escadas para enfrentar Drácula, caia no vão à esquerda. Você irá pousar em uma plataforma invisível. Continue seguindo à esquerda. Você receberá vida cheia, 99 corações, uma cruz, um chicote com todos os upgrades e uma Ill Stone.

Três rotas secretas

Há três caminhos secretos distintos no game. O primeiro está na fase 3-1: haverá uma parte em que é preciso descer por um túnel estreito. Na metade da queda há uma parede de pilares à esquerda. Essa parede é frágil a ataques e pode ser derrubada, abrindo o caminho para uma sala secreta. Lá há corações, moedas e carne.

A segunda rota secreta está no estágio 6-2. Em um corredor onde é preciso enfrentar alguns Axe Armors e fugir de candelabros que caem do teto, há um arco que contem um candelabro, mas nenhum soldado. Acerte o chão com alguns golpes e ele irá ceder, revelando uma escadaria para uma área secreta.

Na fase 9-2 há uma área em que você precisa desviar de espinhos no chão. Depois disso, você estará em uma sala cheia de caixões e redemoinhos. A última plataforma alta tem um caixão e um redemoinho. Se você for sugado por ele, será levado a uma sala secreta.  

Passwords:
Legenda:
M = Machado
A = Água Benta
C = Coração
F = Fogo
-  = Vazio

Nível 2
----
A---
----
A---
Nível 3
---M
A---
----
C---
Nível 4
---A
AA--
-A-M
----
Nível 5
----
A---
---M
AM--
Nível 6
----
AA--
-A-M
AM--
Nível 7
---A
AC--
-C-A
-M--
Nível 8
----
AA--
-A-A
AA--
Nível 9 - Parte 1
---M
AA--
-A-A
CA--
>Nível 9 - Parte 2
---C
AC--
-C-C
MA--
Nível 9 - Parte 3
---M
A---
---C
CC--
Nível 9 - Final
---A
AA--
-A--
-CM- 

Sky Blazer

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SkyBlazer_00000.png
Gênero: Ação
Ano: 1993
Fabricante: Sony
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SkyBlazer_00002.pnghttp://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/skyblazer_rev02.png 

Jogos de plataforma, ao contrário dos tempos atuais, eram fartos nos 16 bits. A série Mario e Sonic, maiores expoentes da época, geralmente lideravam as escolhas nas locadoras nos finais de semana, o que fazia muita gente alugar o que não queria apenas pra não passar em branco o sábado e domingo. Como eu vivo falando aqui, muitos jogos acabavam sendo descobertos nessas "locações forçadas", jogos que muitas vezes rivalizavam com os medalhões da época, ou que simplesmente valiam o preço pago pela locação.

Sky Blazer, muito provavelmente, se encaixava na segunda opção. O game não é um primor como um Super Mario World, nem tem uma evolução gráfica nítida como um Sonic 3, mas é divertido pacas. A história, apesar de simples, era um belo pano de fundo para a aventura de Sky, com a missão básica de salvar uma princesa em perigo. Para tal façanha, ele recebe conselhos e a ajuda de um velho mago. Como eu disse, a história é bem simples, mas não é só de história que se faz um bom jogo...

Sky Blazer é um belo game de plataforma. Sky pode escalar paredes, pular bem alto, bater nos inimigos e usar muitos poderes conforme o avanço pelo jogo. Os controles respondem bem, apesar do personagem ser meio duro quando está no ar. Sobre as magias, Sky vai ganhando diversos poderes conforme avança pelas fases. Vão desde poderes para atravessar abismos ou até mesmo disparar projéteis em inimigos, dando uma variedade enorme ao game.

Unindo-se ao gameplay variado estão um dos melhores gráficos do SNES. A palheta de cores usada aqui é enorme, o game é bem colorido e faz muito uso de zoom in/out, bem como a sensação de profundidade nas fases de vôo. Os inimigos são bem detalhados, como chefes gigantes e as fases contém alguns elementos bem bacanas, como a chuva logo no comecinho ou a tempestade de areia na fase do precipício. O game conta também com um mapinha bem bacana para mostrar o avanço do jogador, bem como permitir a escolha das fases após um determinado tempo de jogo. As músicas e efeitos sonoros são ótimos. Desde as primeiras melodias até os efeitos de socos e magias, Sky Blazer não deixa a peteca cair.

Com tantas coisas legais, por que Sky Blazer é tão pouco conhecido? Talvez por aquilo que eu mencionei no começo ou até mesmo pela sua dificuldade acentuada. Vejam bem, o game não é nenhum Contra ou Yo! Noid, mas tem horas que a habilidade de Sky de grudar em paredes é tão requisitada que acaba irritando mesmo nos pequenos erros. Experimentem passar pela etapa de escalar a torre e me digam se não é frustrante cair lá de cima onde as plataformas mudam de lugar o tempo todo...

Enfim, quem não conhece deveria dar uma chance ao jogo. É um game muito bem feito, caprichado em todos os quesitos e que apenas peca um pouco nos controles, que poderiam ter sido melhor trabalhados.

Mas quando se tem um game dessa profundidade, cheio de magias bacanas pra ganhar e com um mapa pra explorar, os contras acabam sendo perdoados com o tempo.


Créditos Review: Cosmão

Download (rom em português): Clique Aqui!

domingo, 17 de junho de 2012

Dicas e Truques: Lion King 'The

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/LionKingThe0000.jpg 

Debug Mode: Invencibilidade e Seleção de fases:
Logo que entrar no jogo, vá para a tela de OPÇÕES, e lá digite a seqüência B, A, R, R, Y, aparecerá outra tela onde é possível colocar para ficar invencível e selecionar as fases.

sábado, 16 de junho de 2012

Super Punch-Out!!

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SuperPunch-Out_00000.png
Fabricante: Nintendo
Gênero: Luta
Ano de lançamento: 1994

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SuperPunch-Out_00001.pnghttp://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/SuperPunch-OutE027.png 

Um peso-pesado da diversão

Super Punch Out!! é um jogo de boxe desenvolvido e publicado pela Nintedo; lançado em 1994 para SNES, o game faz parte da série Punch Out!!, que recebeu jogos para Arcade, NES, SNES recentemente para o Wii.

História (?)

O jogador controla o boxeador Little Mac em sua caminhada pelo título de campeão mundial de boxe, passando por diversos torneios, desde os menores até os mais importantes.

Gráficos

São bons, o game conta com um visual cartunesco e bastante colorido, os lutadores são variados e criativos, cada um mais esdruxulo que o outro. A animação é impecável.
Imagens do jogo

Som

Também é bom, as músicas presentes no game são boas e na hora do combate é bastante empolgante, as vozes dos personagens também são boas e os efeitos sonoros reproduzem bem aquilo a que se destinam.

Jogabilidade

Simples, mas perfeita, com excelentes controles; Little Mac tem alguns tipos de soco: altos e baixos, tanto pela esquerda quanto pela direita e um ataque especial poderoso o bastante para fazer os adversários beijarem a lona; essa quantidade pode parecer pouca, mas somada com os bloqueios e esquivas, a amplitude de movimentos torna-se deveras interessante, pois toda a dinâmica das lutas é centrada nesses movimentos, e é aí que reside o principal fator de diversão de Super Punch Out!!, pois o game é bastante simples de jogar, mas difícil de dominar, o que eleva muito o fator replay do game.
As partidas funcionam da seguinte forma: ambos os lutadores possuem barras de energia, como em jogos de luta tradicionais, mas o jogador conta com uma segunda barra, que enche de acordo com os golpes que Little Mac desfere contra o adversário, quando essa barra está cheia, o jogador pode dar socos mais poderosos, que podem nocautear o adversário; porém, se o jogador apanhar, a barra de poder começa a esvaziar. A dificuldade é progressiva e o game salva automaticamente os recordes do jogador.

Considerações finais

Super Punch Out!! é um game simples, mas muito divertido; o estilo "fácil de jogar, mas difícil de dominar" torna o game bastante acessível e extremamente divertido, ao mesmo tempo em que aumenta o fator replay do mesmo, um clássico!



Créditos Review: Gabriel
 
Download: Clique Aqui!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Adaptadores Universais

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/Super-Nintendo-Snes-Universal-Adapter-1041428_480x360.png 
Com esses acessórios, era possível rodar jogos importados em um Super Nintendo europeu, ou um jogo japonês num Super Nintendo americano.
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/41UHqhbQTqL_480x360.png


Exemplo num Super Nintendo europeu:

Basicamente você coloca o adaptador na entrada, e em uma das entradas do adaptador você coloca o jogo americano ou japonês que você quer jogar. Na outra entrada coloca-se um jogo europeu, para que ele possa copiar o código e converter o sinal NTSC 60Hz do americano/japonês para o PAL 50Hz do europeu. O resultado é um pouco discutível – é possível jogar a maior parte dos jogos, mas eles correm a 50Hz (ou seja, 17,5% mais lento que na versão americana/japonesa) e com duas barras pretas no topo e na base do écran. Na prática, é como jogar um jogo europeu. Há cerca de 15-20 jogos que não funcionam com adaptadores, Super Mario RPG é um deles, já que alguns deles trazem um chip que funciona a 10Mhz, mais rápido que o CPU do SNES, e que não está submisso a este.
Mas as travas impostas nos Super Nintendo são travas físicas, ou seja, com pequenas modificações internas no aparelho é possível rodar qualquer tipo de jogo sem a necessidade de um adaptador, preservando assim a qualidade dos jogos.

Dicas e Truques: Donkey Kong Country 1

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/DonkeyKongCountry1_00002_256x224.png 

Começar com 50 vidas: Na tela principal, escolha a opção para carregar um jogo existente, deixe o cursor sobre o “Erase Game” e faça a combinação: B A R R A L. Agora basta escolher um jogo para carregar e você começará com 50 vidas!
Praticar os Round Bônus: Quando o vídeo de introdução estiver rolando, aperte Y ↓ ↓ Y e você será teleportado para uma sala onde pode escolher qual dos Rounds Bônus quer jogar!
Modo interativo para dois jogadores: Na tela principal, escolha a opção para carregar um jogo existente, deixe o cursor sobre o “Erase Game” e faça a combinação: B A B ↑ ↓ ↓ Y A, e inicie um jogo para dois jogadores, agora o jogador inativo pode apertar Select a qualquer momento e
assumir o controle.
Testar as Músicas:
Na tela principal, escolha a opção para carregar um jogo existente, deixe o cursor sobre o “Erase Game” e faça a combinação: A R B Y A Y, agora basta apertar Select para trocar a música que estiver tocando!

sábado, 9 de junho de 2012

Mr. Nutz

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/MrNutz_00000.png
Gênero: Aventura
Ano: 1994
Fabricante: Ocean

http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/MrNutz_00002.pnghttp://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/MrNutz_00001.png 

O jogo

Mr.Nutz é um jogo de plataforma desenvlvido e publicado pela Ocean; lançado em 1993 para SNES e posteriormente para Mega Drive, Game Boy, Game Boy Color e Game Boy Advance, o game em si é um jogo de plataforma bastante tradicional. A versão avaliada neste texto é a lançada para Super Nintendo, em 1993 na Europa e em 1994 nos EUA e no Japão.

História

Um Yeti chamado Mr.Blizzard busca dominar o mundo com seus poderes mágicos, transformando o planeta em um grande bloco de gelo. Visando impedir os planos de Mr.Blizzard, o esquilo Mr.Nutz decide viajar pelo mundo para deter esse vilão.

Gráficos

São muito bons; o game, de modo geral, tem um visual bastante colorido; o protagonista é bem feito e detalhado; os inimigos são bem feitos e diversificados; os cenários são bastante variados e contam com uma beleza exuberante; a animação do jogo flui muito bem.
Imagens do jogo

Som

É bom, as músicas presentes no game sã muito boas, bastante agradáveis e combinam bem com a parte visual do jogo; os efeitos sonoros também são bons.

Jogabilidade

Muito boa, com controles bons e que respondem na hora certa; como dito anteriormente, Mr.Nutz é um jogo de plataforma bastante tradicional, com fases repletas de obstáculos, inimigos e, ao final de um certo número de fases, é necessário enfrentar um mestre para poder avançar no game.
Nosso protagonista possui um número limitado de habilidades, mas que se revelam não apenas mais que suficiente, mas também muito úteis; Mr.Nutz pode correr, pular nos inimigos, arremessar nozes contra os mesmos e, quando está agachado, pode atacá-los com sua cauda, todos esses movimentos são muito úteis e mais que o suficiente para lidar com todos os desafios presentes no game, contando, obviamente, com a habilidade do jogador em utilizá-los nos momentos certos.
Os cenários são muito bons, não apenas quanto à beleza, mas também no que diz respeito ao desafio, pois não estão apenas repletos de inimigos, obstáculos e armadilhas, mas também são bastante amplos e escondem muitos segredos, o que incentiva o jogador a explorá-los minuciosamente. A dificuldade não pode ser selecionada mas é possível alterar a quantidade de energia e o número de vidas do personagem antes do início do jogo e não há meios de salvar o progresso do jogador.

Considerações finais

Apesar de não ser inovador ou revolucionário dentro de seu gênero, Mr.Nutz é um game muito bom, pois é muito bem feito no tocante aos gráficos e trilha sonora, mas também por proporcionar um bom desafio e boas horas de diversão; em suma, é um título que vale a
pena!




Créditos Review: Gabriel
 
Download: Clique Aqui!

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Super Everdrive (Análise) - (Review)

 http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/blogsnes/supereverdrive_cat.jpg
Possivelmente todo dono de um console, seja Mega Drive, Master System, Nintendo, Super Nintendo,já pensou pelo menos duas coisas:
- Ter e jogar todos os jogos do seu amado console;
- Com certeza sonhou, em de alguma forma, ter aquele jogo que só saiu em Japones traduzido e poder jogar.

Bem, no primeiro caso teriamos o problema da questão financeira.... o gasto seria a nível astronômico e na segunda era algo que dependia da boa vontade da produtora do jogo... nossa única opção seria os emuladores.

Com o GBA em vez das fitinhas piratas em massa temos os flashcarts, cartuchos especiais que armazenavam várias ROMs e permitia aos seus donos carregar vários jogos do GBA em um único cartucho.

Que maravilha seria se tivessemos um flashcart para o Mega, SNES, Master System..... atualmente tudo deixo de ser suposição para ser real, temos flashcarts para nossos retro consoles, e com vocês, o Super Everdrive:
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/everdrive.png 
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/everdrive2.png 
1 - O que é:
O Super Everdrive é um flashcart para o Super Nintendo criado por Igor Golubovskiy, vulgo KRIKzz, da Ucrânia.
No site dele, além do Super Everdrive, temos flashcarts para para Mega Drive, Master System, Game Gear e Nintendo64:
KRIKzz
As características do pequeno notável, retiradas diretamente do site do KRIKzz:

+ max supported ROM size up to 48mbit (6mbyte)
+ 32kb FRAM for game saves keep.
+USB port for homebrew development*
+OS can be updated from SD or USB
+ save ram data can be stored or loaded from SD card
+ SD/MMC cards support.
+ FAT16/FAT32 support
+Supported SD/MMC up to 32GB
+ flashed game will stay in memory after power off. so no need to choice and reflash game after each reset or power off
+Supported with PAL and NTSC systems
+Multiregion CIC developed by Ikari_01
*USB port available only on "Super Everdrive +USB" cart version
*USB port can be used for OS update, games upload, homebrew software can communicate with PC via virtual serial port interface.
All USB port operations controlled by SNES CPU, so USB port can not be used if cart not attached to console


2 - Como usar:

Primeiramente, baixe suas roms, descompacte elas pois o Super Everdrive não aceita arquivos *.zip e coloque-as    dentro de pastas no SD Card.
É preferivel coloca-las em pastas pois facilita a organização e por causa da limitação de 200 arquivos por diretórios.

Feito isso, plug o cartão no Super Everdrive e ligue seu SNES, então teremos a tela abaixo:
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive3.png 
Os comandos básicos para operação:

Start/B : No menu inicial e de todas as opções do Menu você usa Start/B para abrir. Ao navegar dentro dos diretórios, B abre os diretórios e Start carrega um jogo;

A: Serve para voltar as opções e diretórios;
X/Y: Dentro dos diretórios serve para rolar o nome dos arquivos que são maiores que o espaço da tela.
Cima/Baixo: Rola a seleção verticalmente, entre os arquivos mostrados;
Esquerda/Direita: Rola a páginação de arquivos. São mostrados 23 jogos por página.

Referente as opções do menu inicial:

- Start Game


Inicia automaticamente o último jogo salvo na memória do flashcart. O jogo fica na memória até que você carregue um novo jogo.


- Select Game


Permite navegar na suas pastas para escolher um novo jogo:
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive4.png 
Na foto acima o diretório "SEVD" é criado automaticamente pelo Super Everdrive quando você carrega um jogo que use bateria, como os DKC,RPGs, etc. O diretório "Roms" foi criado por mim e dentro dele tenho várias pastas para cada estilo: 
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/everdrive5.png 
- Options

Temos as opções "reset return" e "auto save":
 
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive6.png 
A opção "reset return" estando "ON", ao se resetar o console voltamos ao menu principal do Super Everdrive, se não somente o jogo é resetado e precisamos desligar/ligar o console para voltarmos ao menu do Super Everdrive.
A opção "auto save" estando "ON", o Super Everdrive se encarrega de criar os arquivos que simulam a bateria dos jogos que usam save e se desligada fica a cargo do usuário criar os arquivos e salvar manualmente.

- Rom settings

Se alguma ROM não iniciou é nesta opção que vamos alterar alguns dos parâmetros para fazermos o jogo iniciar, então só mexemosaqui se o jogo não iniciou:
 
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive7.png 
Altere e use o botão "A" para voltar ao menu inicial que o Super Everdrive salva automaticamente as alterações.
As alterações só valem para o jogo que está na memória, se você carregar um novo jogo elas são resetadas, mesmo que volte a carregar um jogo que você mudou as opções anteriormente.

Mais abaixo tem um vídeo aonde mudo as opções de duas ROMs para iniciarem normalmente.
- Toolbox

Várias opções e informações do Super Everdrive:
 
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive8.png 
- "Save/load sram"

Aqui gerenciamos os arquivos que simulam as baterias dos jogos que usam "saves" e dentro desta opção temos as subopções:


- "load from SD": Carrega o arquivo de "bateria" de um jogo;

- "save to file": Salva a "bateria" de um jogo para um arquivo;
- "save to new file": Salva a "bateria" de um jogo para um novo arquivo;

- "Device info": Mostra as informações do Super Everdrive:
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive9.png 
- "Update OS"

Aqui podemos escolher o arquivo de update do sistema operacional. Você baixa esses arquivos do site do próprio KRIKzz.

Meu Super Everdrive veio com o OS 11 e fiz o upgrade para versão 12 pela inclusão da opção "Rom settings".
O processo é tranquilo, basta escolher o arquivo de update que você colocou no cartão e carregalo como se fosse uma ROM. O sistema começa a atualizar e no final reinicia e voltamos ao menu principal. Claro, a velha recomendação e cuidado de não desligar o console nem apertar nenhum botão durante a atualização.
Mas também não morra se algo der errado, pensaram nisso também: desligue e ligue novamente o SNES com os botões X e A precionados e o Super Everdrive usa o OS de reserva, que possivelmente será o que veio originalmente, no meu caso o OS 12.
- "About"

Mostra as informações de "copyright"
   
http://i236.photobucket.com/albums/ff289/diegoshark/Everdrive10.png 
Parece muita coisa mas não dá 5 minutos e você se acostuma com tudo.

3 - Impressões
O carregamento dos jogos eu considerei rápido. ROMs pequenas vão carregar num instante enquanto aquelas maiores demoram um pouco mais. No vídeo que fiz podem ver que F-Zero e Ardy Light Foot carregam rapidamente enquando DKC2 demora um pouco mais, mas nada arlamante.
Não senti diferença alguma ao jogar um game no Super Everdrive em relação ao cartucho original. Testei a Axelay, Gundam Wings e a Castlevania e não vi diferença nenhuma: Lentidão, cor, som, nada, tudo perfeito. No vídeo podem conferir F-Zero, Ardy Light Foot e DKC2.
Rodou RPGs traduzidos maravilhosamente bem: Tales of Phantasia, Bahamut Lagoon, Seiken Densetsu 3, Front Mission - Gun Hazard,
sem problemas.

4 - Incompatibilidade

Essa é a lista de incompatibilidade do Super Everdrive dos jogos que possuem chips especiais:

OBC-1:
Metal Combat - Falcon's Revenge

SuperFX:
Dirt Racer
Dirt Trax FX
Doom (SFX2)
StarFox
StarFox 2 (SFX2)
Stunt Race FX
Super Mario World 2: Yoshi's Island (SFX2)
Vortex
Winter Gold (SFX2)

DSP Series:
1991 - Pilot Wings
1992 - Super Bases Loaded 2
1992 - Super Mario Kart
1992 - Dungeon Master (DSP-2)
1993 - Final Stretch
1993 - Lock-On/Super Air Diver
1993 - Ace Wo Nerae
1993 - Armored Trooper Votoms
1993 - Super 3D Baseball
1993 - Suzuka 8 Hours
1994 - Bike Daisuki! Hashiriya Kon - Rider's Spirits
1994 - Michael Andretti's Indy Car Challenge
1994 - Shutokou Battle 2
1994 - Tsuchiya Keiichi: Shutokou Battle 94'
1994 - SD Gundam GX (DSP-3)
1995 - Ballz 3D (DSP-1B)
1995 - Battle Racers
1995 - Super Air Diver 2
199? - Syutoko Battle Racing 2
199? - Suzuka 8 Hours
199? - Syutoko Battle Racing 94
1995 - Super F1 Circus Gaiden
1995 - Top Gear 3000 (DSP-4)

C4:
MegaMan X2 (1994)
MegaMan X3 (1995)
RockMan X2
RockMan X3

SDD1:
Star Ocean
Street Fighter Zero 2/Alpha 2

SA-1:
*(1995) Derby Jockey 2
*(1995) Masters New: Harukanaru Augusta 3
*(1995) Jikkyou Oshaberi Parodius
*(1995) Kakinoki Shougi
*(1995) PGA Tour '96
*(1995) SD F-1 Grand Prix
*(1995) SD Gundam G NEXT
*(1995) Shin Syogi Club
*(1995) Shogi Saikyou
*(1995) Super Bomberman Panic Bomber World
*(1996) Daisenryaku Expert: WW2
*(1996) Dragon Ball Z Hyper Dimension
*(1996) J. League '96 Dream Stadium
*(1996) Jumpin' Derby
*(1996) Kirby Super Star
*(1996) Marvelous: Mouhitotsu no Takarajima
*(1996) Super Robot Taisen Gaiden: Masou Kishin - The Lord of Elemental
*(1996) Mini-Yonku Shining Scorpion: Let's & Go
*(1996) Pebble Beach no Hotou New: Tournament Edition
*(1996) PGA European Tour
*(1996) Power Rangers Zeo: Battle Racers
*(1996) Shogi Saikyou 2
*(1996) Super Mario RPG
*(1997) Itoi Shigesato's Bass Turi No 1
*(1997) Kirby's Dream Land 3

Basicamente qualquer jogo que use chips especiais não irá funcionar no Super Everdrive. A única exceção é o chip DSP-1 que você pode instalar ou já comprar com ele pré-instalado, ai a lista diminui ainda mais.

Fora essa listagem, se algum jogo não carregou é problema da ROM. Das que testei duas não funcinaram sem alterações:

- Final Fantasy V Traduzida: O jogo carrega mas ao se iniciar, após o nome do jogo sumir a tela fica preta e a música título fica tocando
indefinidamente. Foi preciso ir em "rom settings" e alterar o tamanho da ROM para 4M.
- Choujikuu Yousai Macross - Scrambled Valkyrie: O jogo não inicou. Foi preciso ir em "rom settings" e alterar o tipo da ROM para HI ROM e seu tamanho para 1M.

5 - Locais de compra e Custo / benefício

No site do KRIKzz (postado no início deste review) tem links para mais sites que vende oficialmente o Super Everdrive e o preço varia bastante.

O meu é a versão "Ultimate Edition" e foi adquirido do site stoneagegamer:

Stoneagegamer

Paguei no total USD173,00, sendo USD144,99 do Super Everdrive e USD28,05 de frete. Veio com cartão SD de 2GB e com o chip DSP-1 pré-instalado,
caixa, manual, etc, tudo de ótima qualidade.

No geral você não consegue um desses por menos de USD87,00 mais custos de envio e muitos podem achar um preço alto demais, mas se você considerar que vários jogos excelentes do SNES/SFC são caros e alguns, por serem raros, são caríssimos como:

- Sunset Riders;
- Sparkster;
- Rock'n Roll Racing;
- Megaman X;
- Super Castlevania IV;
- Chrono Trigger;
- Final Fantasy III;
- Ilussion of Gaia;
- Secret of Mana;
- Top Gear;
- Top Gear 2;
- Metal Warriors;
- Indiana Jones - Greatest Adventures

Essa listagem pequena de 13 jogos sozinha, no eBay, ultrapassa o valor pago no Super Everdrive com folga. Em sites como o ML então nem se fala,fica muito acima fácil, fácil.

Outros podem argumentar que se consegue jogas todos e de graça nos emuladores, mas o feeling é completamente diferente.
Eu mesmo pensava que não acharia tanta diferença assim em usar o Super Everdrive frente aos emuladores mas quando coloquei para testar a Tales of Phantasia, a vi rodando e a música de abertura "The Dream Will Never Die" tocando diretamente do SFC.... acreditem, sua opinião
muda completamente.

6 - Rivais


Além do Super Everdrive temos como outra opção de flashcart o SNES PowerPak do site RetroUSB:

RetroUSB - SNES PowerPak


As diferenças do Snes PowerPak e do Super Everdrive são:

Mídia:


O Super Everdrive usa um SD card, que são extremamente populares e se pode usar de várias marcas sem problema.
O Snes PowerPak usa os CF cards, anteriores aos SD cards e que são mais difíceis de achar. Além disso, é relatado emvários fóruns que o Snes PowerPak apresenta muita incompatibilidade com cartões que não sejam da marca Dane Elec, a recomendada pelo criador dele.

Velocidade:


O Snes PowerPak carrega os jogos mais rapidamente que o Super Everdrive. Isso acontece por causa do uso dos cartões CF.

Compatibilidade:


O S.P.P, por ter mais memória, pode rodar uma versão descomprimida da ROM do Star Ocean. Ao que parece existem mais ROMs que foram hackeadas para rodar no Snes PowerPak.
 O Super Everdrive não consegue rodar estas ROMs por causa do tamanho da sua memória.

Saves:


O Super Everdrive executa automaticamente a criação dos arquivos bateria e o salvamento dos jogos.
O Snes PowerPak não faz isso automaticamente, ficando a cargo do usuário a criação dos arquivos e gerenciamento.

Extras:


O Snes PowerPak possui um GameGenie embutido.
O Super Everdrive pode vir a ter um no futuro já que seu irmão para Mega Drive, O Everdrive, tem também um GameGenie embutido.

Comunidade:


O Super Everdrive possui uma comunidade bem ativa, com fórum de suporte e o criador dele responde as dúvidas da galera e até implementa algumasfuncionalidades conforme o povo fala, como é o caso da opção "roms settings".
O Snes PowerPak não tem fórum de suporte e o criador dele dizem ser, digamos, um pouco "chato".

7 - Finalizando

O Super Everdrive se mostra uma excelente opção de flashcart, com vários pontos fortes e permitindo que o seu dono tenha acesso a quase toda a bibliotéca de títulos do SNES de maneira bem prática, apesar do seu preço elevado tornar a compra de tal acessório uma decisão nada "trivial".

Pessoalmente, foi uma ótima aquisição e recomendo a compra do Super Everdrive para aqueles que querem rodar os games diretamente no console.

Vídeos:
Vídeo de teste geral do Super Everdrive:
Alguns jogos em funcionamento no Super Everdrive:

Créditos Análise: Kyo Olhos Demoniacos